Notícias

Prefeitura reinaugura UPA de Madureira reformada e agora sob nova direção, a cargo da RioSaúde


UPA de Madureira com tudo novo para atendimento da população. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, reinaugurou nesta quinta-feira (25/06) a UPA de Madureira, totalmente reformada. Foram feitas obras estruturais, após a saída da OS que administrava a unidade. A gestão agora é da Empresa Pública de Saúde do Rio de Janeiro, a RioSaúde, que assume imediatamente. A Unidade de Pronto Atendimento, com novo piso e livre das infiltrações que havia antes nos banheiros e na Sala Amarela, fará 450 atendimentos por dia e contará com cerca de 200 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos e administrativos. O funcionamento será de 24 horas, ininterrupto.

A Prefeitura investiu R$ 2,5 milhões na reforma, feita pela RioUrbe. Foi uma ação cuidadosa e detalhista, com troca de piso, telhado, teto, instalações elétricas, refrigeração e castelo d’água. A obra incluiu a construção de um centro de imagem no terreno da UPA, com moderno tomógrafo e aparelhos de raio X digital. Os equipamentos foram comprados pela Prefeitura no ano passado, num grande investimento de R$ 370 milhões, anterior à pandemia da covid-19, para renovar o parque tecnológico da Saúde e tornar o atendimento à população ainda mais eficaz.

– Agora não tem mais OS aqui. A RioSaúde está assumindo a UPA, e o povo de Madureira, com certeza, vai aplaudir o serviço que vai ser prestado. Temos uma equipe médica competente e equipamentos modernos, que os médicos precisam para salvar vidas durante essa pandemia. A Prefeitura do Rio está lutando contra a covid-19 com as mãos limpas – disse Crivella, ao lado da secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch, do presidente da RioSaúde, Marcelo Roseira, e do secretário municipal de Infraestrutura, Habitação e Conservação, Sebastião Bruno, responsável pela reforma.

 

UPA de Madureira com tudo novo para atendimento da população. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

 

Sob nova direção

A reabertura da UPA Madureira marca a entrada da RioSaúde na administração da unidade. Já foram contratados para trabalhar no local 83 médicos, 20 enfermeiros e 48 técnicos de enfermagem. A coordenação médica da única é da doutora Sabrina Resende.

A empresa pública é responsável pela gestão assistencial e administrativa, respondendo pelos processos de admissão de recursos humanos, aquisição de insumos e medicamentos e pela contratação de serviços de apoio, como maqueiro, vigilância, alimentação, limpeza, recolhimento de lixo, lavanderia, engenharia clínica e manutenção predial, além dos serviços de apoio à diagnose e terapêutica.

 

UPA de Madureira com tudo novo para atendimento da população. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

Saúde é prioridade

O investimento na melhoria do atendimento de saúde à população tem sido prioridade desde o início da atual gestão da Prefeitura. Foram adquiridos 18 mil itens para reequipar as unidades de saúde da rede municipal. Entre os equipamentos comprados no ano passado, na China, antes da crise sanitária mundial, estão 27 tomógrafos – essenciais para um diagnóstico preciso do novo coronavírus – e 726 respiradores.

O planejamento da administração na saúde permite ao município do Rio modernizar a aparelhagem nos hospitais da rede municipal e também reforçar o combate à covid-19 em outras 9 cidades fluminenses, com a cessão – inclusive ao governo do Estado – de equipamentos que permitirão a abertura de 180 leitos de UTI e ajudarão a salvar vidas.

 

UPA de Madureira com tudo novo para atendimento da população. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

Prefeitura reinaugura UPA de Madureira reformada e agora sob nova direção, a cargo da RioSaúde


Compartilhe:

Deixe seu comentário: