Notícias

Comlurb fará limpeza com detergente em locais com maior risco de contágio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou nesta segunda-feira (23/03), após reunião do gabinete de crise montado no Riocentro, que, a partir desta terça-feira (24/03), a Comlurb fará  lavagem e desinfecção de ruas com detergente em bairros da Zona Sul e na Barra da Tijuca – áreas com mais casos do novo coronavírus na cidade – e no Centro. O trabalho será executado em superfícies e pontos de contato como pontos de ônibus, saídas de BRT e estações de metrô. A ação inclui entornos de hospitais municipais e estaduais.
– São medidas importantíssimas, adotadas em outros países e que surtiram efeito – destacou Crivella.
O presidente da Comlurb, Paulo Mangueira, detalhou a iniciativa:- Utilizaremos 20 caminhões-pipa, dez vans com motobomba e 30 pulverizadores. Vamos privilegiar lavagem de superfícies e também das áreas de contato para reduzir possibilidade de contágio em locais em que muita gente toque. No Centro, daremos atenção especial a pontos com maior concentração de população em situação de rua, aproveitando os momentos em que eles não estiverem nos locais.

Vacinação contra gripe

Crivella e a secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch, fizeram um apelo a médicos e enfermeiros da Barra da Tijuca para que, mesmo não pertencendo à rede municipal, ajudem a vacinar idosos de suas famílias e vizinhança. Doses de vacina ficarão disponíveis para esses profissionais de saúde, que poderão retirá-las em diversos pontos. O mínimo é de dez doses, e o máximo, de 50. Clínicas poderão retirar maior quantidade.O atendimento será agendado. Basta entrar em contato e se cadastrar na internet.
Além de uma tabela para colocar os dados das pessoas vacinadas. O objetivo é agilizar o processo de vacinação e evitar aglomerações.  É assim que moradores de condomínios poderão se vacinar, organizem-se com os síndicos. Contamos com esses profissionais de saúde para vacinar o mais rápido possível – afirmou Beatriz Busch.

Nada de pressa ou correria

Crivella e a secretária alertaram que os idosos não precisam se apressar nem fazer filas nas 237 clínicas municipais e nos cinco postos do Detran-RJ onde está sendo feita a vacinação. O processo, iniciado nesta segunda-feira (23), vai se estender por semanas. A vacina contra gripe não protege contra a Covid-19, mas ajuda no diagnóstico. Nos postos do Detran, o serviço funciona como drive-thru, apenas para os idosos que forem de carro.

Apelo aos idosos novamente

O prefeito voltou a pedir que as pessoas não saiam de casa. Principalmente idosos e quem tenha
comorbidade (problemas pulmonares, por exemplo, que possam agravar a Covid-19). E também os que convivem com essas pessoas.
– Não saiam de casa. Os idosos têm mais experiência, precisam ser os nossos líderes nessa luta e devem dar o exemplo. Quanto mais cedo a gente se afastar, mais cedo a gente vai voltar a se abraçar – ressaltou Crivella.

Compartilhe:

Deixe seu comentário: